LMA
Brand Management & Produção

O poder do tempo de folga


Será que o trabalho incessante nos faz mais produtivos? Sagmeister explica como o tempo de folga pode estimular as nossas mentes.

Por Felipe Lima | Agência LMA

Se você ainda não conhece Stefan Sagmeister, deve estar se perguntando: “Mas o que esse cara sem roupas faz de tão interessante?

Não estamos aqui para falar de Sagmeister; este renomado designer austríaco, fundador do estúdio Sagmeister & Walsh (NY), nem de seus incríveis projetos como profissional. Falaremos do vídeo em que ele publicou no TED Ideas contando sua experiência baseada no poder do descanso, e sobre como o tempo de folga pode estimular nossa criatividade. Desde cedo aprendemos que é preciso ser produtivo o tempo todo, descansar para que, né? Se o dia só tem 24 horas.

É válido lembrar, que o nosso país lidera o ranking dos que trabalham mais horas, somando 44 horas semanais (dados da Organização Internacional do Trabalho – OIT). Quem trabalha nas capitais, entende que na prática essa lei nem sempre é cumprida, abrindo caminho para que empregadores se aproveitem ainda mais seus funcionários.

Apesar da jornada estafante, nossa produtividade é cerca de um 1/4 de países como França, Italia, Suíça, Alemanha, Noruega, Dinamarca e Bélgica (Países que trabalham entre 26,6 e 36 horas semanais). A avaliação é baseada no estudo Society at Glance, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A mensagem é breve: Mentes descansadas são mais criativas e produzem mais. Já que Sagmeister abriu a discusão, deixamos vocês com a pergunta:

Será que o trabalho incessante nos faz mais produtivos?

Será que para você, empregador, vale a pena expremer seus funcionários à condições sub-humanas de trabalho?



 

Participe de nossa Newsletter

 


→ Saiba mais sobre a LMA.Global.

→ Faça um orçamento para o seu projeto.

→ Conheça alguns de nossos trabalhos.